Cartagena: Quanto custa, como chegar, o que fazer em 4 dias e muito mais!

Igreja San Pedro de Claver Cartagena

Cartagena

Cartagena é uma cidade encantadora, com muita história, cultura e ruas charmosas. Além de ser um dos destinos turísticos mais procurados na Colômbia, é mais uma ótima opção para viajar gastando pouco.

Fiquei 4 dias em Cartagena em Março de 2017, durante uma viagem de 14 dias para a Colômbia com o meu namorado, na qual também visitei San Andrés (7 dias) e Providência (3 dias). Mesmo nossa viagem sendo focada em praias, nós não quisemos deixar Cartagena de fora do roteiro, pois é uma cidade muito bonita e interessante, que também vale muito a pena conhecer.

Informações Básicas sobre Cartagena

Precisa de passaporte para viajar para Cartagena? O passaporte não é exigido para brasileiros na Colômbia, mas é necessário para quem tem escala no Panamá.

Imigração: A imigração foi demorada e um pouco desorganizada, mas tranquila, apenas perguntaram a data de saída do país e onde iria ficar. Para embarcar para San Andrés pediram para mostrar a passagem de volta para o Brasil, então é bom levar impressa ou salvo no celular.

Moeda: A moeda é o peso colombiano. A cotação de março de 2017 era R$ 1 = 840 COP

Qual moeda levar para Cartagena? Seguimos a dica de outros blogs de viagem e levamos dólares que trocamos por pesos colombianos em Cartagena. Realmente foi mais vantajoso trocar o real por dólar aqui e depois por pesos colombianos lá do que levar o dinheiro em reais, mas também a diferença não foi assim tão grande. Trocamos o dinheiro em uma casa de câmbio perto da Torre do Relógio.

Não sei falar espanhol e nem inglês, irei ter problemas? Apesar da língua ser espanhol, para viajar para Cartagena não precisa saber espanhol nem inglês praticamente. Eu não falo espanhol e durante a viagem falei só português praticamente e não tive nenhum problema para me comunicar, então acho difícil que alguém não consiga se virar falando português. Além disso, como a cidade recebe muitos brasileiros as pessoas ligadas ao turismo já devem estar acostumadas também.

PRECISA DE VACINA DA FEBRE AMARELA PARA VIAJAR PARA cartagena E PARA FAZER ESCALA NO PANAMÁ?

Quando eu fui em março de 2017 não precisava, mas desde abril desse mesmo ano a vacina da febre amarela se tornou obrigatória para entrar em San Andrés. Além disso, é exigido que a vacina seja tomada no mínimo 10 dias antes da viagem, então não deixe para a última hora! Mas atenção, não basta tomar a vacina, é necessário validar a vacina na Anvisa e emitir o certificado intencional de vacinação, que deve ser apresentado na viagem. É possível encontrar a informação atualizada sobre a exigência da vacina no site da Anvisa:

Vacina da Febre Amarela

Como tomar a Vacina da Febre Amarela? Eu tomei a vacina da febre amarela em um postinho aleatório da minha cidade sem custo nenhum, acho que é bem fácil de tomar em qualquer cidade, é só se informar se pode ser em qualquer posto. Mas apenas tomar a vacina não é suficiente, é necessário validar na Anvisa e pegar o certificado internacional de vacinação.

Como emitir o certificado internacional de vacinação na Anvisa? É necessário fazer o pré cadastro no site da Anvisa e depois ir em alguns dos pontos de atendimentos deles, na minha cidade fui no do aeroporto. É só se informar onde encontrar um na sua cidade. Mesmo se for no aeroporto não deixe para fazer isso no dia da viagem, faça com antecedência, pois eles não abrem todo dia e também pode acontecer algum imprevisto.

Quando ir para Cartagena?

Como Cartagena é uma cidade que não vive só de praias como San Andrés e Providência, então acho que não é preciso focar tanto em uma época especifica. Fui no final de março de 2017 e o tempo estava bom todos os 4 dias que estive lá e calor estava super forte também! Para quem pretende combinar com destinos de praias como San Andrés, pelo que pesquisei para fugir das chuvas a melhor época para ir é de dezembro a março. De setembro a novembro o tempo é mais chuvoso e o pior mês é outubro, pois é quando as chuvas estão mais fortes.

Calor: Em Cartagena é muito quente! Isso torna as caminhadas pela cidade durante o dia bem cansativas. Então tente evitar passeios perto do meio dia.

Quanto tempo ficar em Cartagena?

Depende muito que você pretende fazer lá, minha ideia inicial era ficar 5 dias, mas acabei podendo ficar apenas 4 dias e achei um tempo bom. Se não for fazer nenhum passeio para praia, 2 ou 3 dias já são suficientes para as principais atrações. Se quiser fazer mais de 1 passeio para praia recomendo 4 dias ou mais, pois cada passeio é de 1 dia.

Vale a pena visitar Cartagena se o meu objetivo é conhecer praias bonitas? 

Drink Playa Blanca

Playa Blanca

Com certeza é uma cidade que vale a pena conhecer, eu amei nossos 4 dias lá. Quanto as praias, as de Cartagena em si não são bonitas, mas fazendo os passeios para o Arquipélago Ilhas do Rosário você encontra algumas opções mais interessantes, mas nada que se compare a San Andrés e Providência. Então se não tiver tempo e dinheiro suficientes para fazer todos os lugares e quiser focar em praias bonitas, talvez seja melhor deixar Cartagena para uma próxima viagem a Colômbia e focar mais nesses outros destinos. Mas mesmo as praias não sendo tão sensacionais quanto os outros lugares, ainda assim conseguimos aproveitar muuuuito essa parte, pois ficamos 2 dias e uma noite na Playa Blanca e foi um dos pontos altos da nossa viagem!

 Bairro Getsemaní Cartagena

Bairro Getsemaní

Mas se o seu foco não é só praias e você também quer uma cidade que de para visitar outros tipos de atrações e que seja mais charmosa, com mais vida noturna, mais variedade de público, Cartagena vale muito a pena. Eu não quis deixar Cartagena de fora do meu roteiro, porque apesar de eu adorar praias maravilhosas já imaginei que ia sentir muita falta dessas coisas. San Andrés e Providência tem lugares lindos, mas deixam muito a desejar em questão de cidade fora a praia e vida noturna.

Castelo de San Felipe de Barajas

Castelo de San Felipe de Barajas

Em San Andrés a maior parte do público parecia ser de famílias com crianças e casais, a maioria colombianos e brasileiros. Já em Cartagena o público é muito diversificado, além desse público também tinha muitos mochileiros sozinhos, grupos de amigos, pessoal mais jovem e pessoas de muitas nacionalidades diferentes. Mesmo viajando como casal o que buscamos em todas as viagens com certeza são destinos como Cartagena.

O que fazer em Cartagena

Os roteiros que achei antes de ir eram um pouco vagos quanto como eram as outras atrações fora os básicos do Castelo, Playa Blanca, Ilhas privadas e Café Del Mar, então foi um pouco chatinho montar um roteiro pela cidade. Mas resumindo os principais pontos turísticos são:

  • Passeio pelo centro da cidade amuralhada: Torre do Relógio e Plaza de Los Coches, Catedral de Cartagena, Praça e Igreja San Pedro Claver, Museu do Ouro Zenú, Praça de Santo Domingo e Plaza Bolívar.
  • Bairro Getsemaní
  • Castelo de San Felipe de Barajas
  • Café Del Mar
  • Convento de Santa Cruz de la Popa
  • Ilhas do Rosário: Playa Blanca ou ilhas privadas (Cocoliso, Isla del Sol, Isla del Encanto e Gente de Mar). Também tem passeios com Ocenario ou snorkeling.
  • Bocagrande
  • Passeio de Chiva: Não tive interesse em fazer
  • Tomar limonada de coco e comer no Crepes & Waffles: Não são atrações, mas achei  imperdíveis haha

Passeio pelo centro da cidade Amuralhada

Todos os principais pontos turísticos dessa região são bem próximos entre si, então em poucas horas você já consegue conhecer tudo. Os principais pontos são: Praça e Igreja San Pedro Claver, Torre do Relógio e Plaza de Los Coches, Catedral de Cartagena, Plaza Bolívar, Museu do Ouro Zenú, Praça de Santo Domingo.

Torre do relógio e Plaza de Los Coches

Torre del Reloj Cartagena

É um dos principais pontos da cidade de Cartagena e provavelmente você vai passar várias vezes por lá se estiver hospedado na cidade Amuralhada (no Centro ou em San Diego). É como uma porta de saída quando você for visitar os outros pontos da cidade. Junto com a Torre do Relógio tem a Plaza de los Coches, que fica bem movimentada em quase todos os horários, a noite também. Nós fizemos a troca de dólares por pesos colombianos em uma das casas de câmbio que tem ali, bem na esquina do canto esquerdo da foto.

Plaza de Los Coches Cartagena

Catedral de Cartagena

Catedral de Cartagena

Também é conhecida como Catedral de Santa Catalina de Alejandría e fica fechada para visitação a maior parte do tempo, não chegamos a visitar o interior da catedral.

Catedral de Cartagena

Praça e Igreja San Pedro Claver

Igreja São Pedro Claver Cartagena

Igreja São Pedro Claver Cartagena

É uma igreja dedicada a San Pedro Claver, a entra é paga, mas não nos interessamos em entrar.  A noite a praça fica bem movimentada e tem algumas opções de bares e restaurantes.

Plaza San Pedro Claver Cartagena

Museu do Ouro Zenú

Museu do Ouro Zenú Cartagena
O Museu do Ouro é bem pequeno e não tem nada muito interessante, mas como a entrada é gratuita até vale a visita. Além disso, ele é localizado em uma aérea bem central, então você vai acabar passando por ali provavelmente de qualquer maneira. O melhor do museu foi o ar condicionado, que nos ajudou a dar uma aliviada no calor absurdo que estava haha.

Museu do Ouro Zenú Cartagena

Museu do Ouro Zenú Cartagena

Praça de Santo Domingo

Plaza Santo Domingo

Essa praça esta sempre movimentada, tem vários bares e restaurantes e é uma boa opção para sair a noite. A estátua da gorda Gertrudis e Convento de Santo Domingo também estão localizados lá.

La Gorda Gertrudis Cartagena

La Gorda Gertrudis

Convento de Santo Domingo Cartagena

Convento de Santo Domingo

Palácio da Inquisição

Palácio da Inquisição Cartagena

É uma das poucas atrações do centro da cidade amuralhada que tem que pagar, passamos por lá mas resolvemos não entrar por causa do preço. Achamos um pouco alto para o que parecia oferecer. O palácio exibe exposições relacionadas a inquisição e a história de Cartagena, mas olhando de fora não parecia ter muita coisa. Entrada: 19.000 COP

Plaza de Bolivar

 Plaza de Bolivar Cartagena

Essa praça é localizada bem perto das outras atrações da cidade, até da para ver a Catedral de Cartagena ao fundo da segunda foto. Não chegamos a ficar muito tempo, só paramos um pouco lá quando vimos uma apresentação de dança acontecendo no final da tarde.

 Plaza de Bolivar Cartagena

Bairro Getsemaní

Getsemaní em Cartagena

O bairro Getsemaní é cheio de grafites nas paredes de alguns prédios e fica próximo ao centro da cidade amuralhada. Caminhar pelas ruas desse bairro é uma opção de passeio bem legal e os desenhos nas paredes rendem algumas fotos bem interessantes. O melhor de tudo é que é um passeio gratuito!

Bairro Getsemaní Cartagena

Eu só fui descobrir que esse bairro também faz parte da cidade amuralhada agora escrevendo esse post, quando estava lá achei que só o que tinha a partir da Torre do Relógio era parte da cidade amuralhada. Mas são lugares com um clima totalmente diferente, Getsemaní tem uma vibe mais alternativa.

Como chegar no bairro Getsemaní? Fomos caminhando do centro da cidade amuralhada, o único problema é o calor infernal.

Castelo de San Felipe de Barajas

Castelo de San Felipe de Barajas

O Castelo de San Felipe de Barajas é um dos principais pontos turísticos da cidade e na verdade era uma fortaleza que ajudava na proteção da cidade antigamente. A subida é um pouco cansativa por causa do calor, mas lá de cima temos uma bela vista da cidade. Vale muito a pena conhecer, apenas tente evitar ir no horário perto do meio dia, porque o calor é infernal o dia todo, mas nesse horário é terrível. Eu acabei tendo que ir perto desse horário e fiquei acabada haha

Castelo de San Felipe de Barajas

Entrada: 25.000 COP
Como chegar: Nós fomos caminhando da cidade amuralhada, pois já estávamos na metade do caminho depois do passeio pelo bairro Getsemaní. Mas para quem prefere não caminhar tanto, acho que saindo da cidade amuralhada acho que a melhor maneira é táxi, não deve ser muito caro. Também  acho que deve ser possível ir de ônibus ou passeio de chiva.

*Sapatos Viejos: Próximo ao Castelo tem um monumento chamado Sapatos Velhos, mas não sabia disso na época que fui lá, então não visitei. Não parece ser nada demais, mas pode render algumas fotos engraçadas.

Convento de Santa Cruz de la Popa

Convento de Santa Cruz de la Popa Cartagena

O Convento é um dos pontos mais famosos de Cartagena e também serve como mirante da cidade. Antes de ir já estava em dúvida se ia valer a pena essa atração, tanto por não ter nada demais como porque é uma função ir até lá e ainda ainda tem que pagar entrada.  Além disso, estávamos morrendo de calor depois de visitar o castelo, mas resolvemos ir mesmo assim. A vantagem de ir por conta própria é que só tinha a gente lá no horário que fomos (um pouco depois das 13h), então não precisamos concorrer com nenhum outro turista na hora de tirar fotos pelos menos haha

Convento de Santa Cruz de la Popa

Quando chegamos lá logo já nos arrependemos, realmente não tem nada demais. Além do pátio bonitinho, tem uma pequena igreja lá dentro. Mas o mais interessante mesmo é a vista da cidade lá de cima, que é bem bonita, mas não sei se chega a valer a ida até lá. Mas acho que depende muito da pessoa, tem pessoas de outros blogs que acharam super legal a atração, mas eu: zzzzzzzzzzz. Para decidir se vale a pena ou não ir acho que você tem que considerar se tem tempo e dinheiro de sobra, se tiver pode valer a pena.

Convento de Santa Cruz de la Popa

Como chegar no Convento de Santa Cruz de La Popa? É possível ir de táxi ou com algum passeio. Se for de táxi você já tem que negociar ida e volta, pois ele terá que ficar esperando você, porque não tem nada lá perto, nem outros táxis. Depois de muito negociar e quase desistir de ir, pagamos 30.000 COP em um táxi saindo do Castelo que depois nos deixou mais ou menos perto da cidade amuralhada. Mas tinha lido antes de ir sobre pessoas que pagaram menos, não sei se esta subindo o preço ou se demos azar com o taxista mesmo. Acho que a melhor opção é de táxi, para fugir das multidões de turistas e não recomendo tentar ir caminhando até lá, porque é bem longe, com muitas subidas e ainda passa por um um bairro meio tenso.
Entrada: 11.000 COP

Café Del Mar

Café del Mar Cartagena

Esse café é bem famoso e provavelmente quem esta planejando uma viagem para Cartagena já deve ter ouvido falar dele. É imperdível assistir o pôr do sol lá e tomar um drink, mas sempre fica muito lotados nos finais de tarde, então para garantir lugar chegue cedo. Infelizmente nós fomos lá em um dia que estava um pouco nublado e também estava ventando bastante.

Como chegar no Café Del Mar? Também da para ir caminhando da cidade amuralhada. Quem estiver hospedado mais longe pode ir de táxi ou de ônibus.

Praias do Arquipélago das Ilhas do Rosário

Playa Blanca Cartagena

Como já comentei antes, as praias de Cartagena em si não são bonitas, é preciso fazer os passeios para Ilhas do Rosário. É possível escolher entre fazer um dos passeios ou ficar hospedado em uma das ilhas privadas. Uma outra opção que pouca gente conhece ou escolhe ainda é ficar hospedado na Playa Blanca. Os passeios se resumem basicamente em:

Passeio Islas del Rosário: Visita ao Oceanario ou fazer snorkeling +  Playa Blanca  (pública)
Passeio para uma das ilhas privadas: Cocoliso, Isla del Sol, Isla del Encanto e Gente de Mar

Qual é a melhor opção? Acho que depende muito do perfil de cada uma, nos relatos que li antes de ir a grande maioria das pessoas defende muito os passeios para as ilhas privadas que nem parecem ser tudo isso em questão de beleza e dizem que a Playa Blanca é o inferno. Eu só queria lugares paradisíacos e fugir de multidões de turistas. Então quando eu comecei a pesquisar sobre as opções de praia em Cartagena já estava ficando frustrada, as praias privadas eram um pouco caras para o que ofereciam, não pareciam ser tão bonitas e o passeio era meio corrido. Já Playa Blanca é uma praia pública na ilha de Baru, que muita gente deixa de visitar por causa da quantidade absurda de gente que tem lá. Realmente é infernal o movimento na área de desembarque dos passeios e logo que comecei a pesquisar estava bem desanimada com a ideia de visitar essa praia também.

Então depois de muito pesquisar e considerando o resto do meu roteiro pela Colômbia eu escolhi não fazer nenhum desses passeios e resolvi tentar uma coisa diferente da maioria dos blogs que eu li antes de ir, passar uma noite na Playa Blanca.

O que eu escolhi fazer em Cartagena: Hospedagem na Playa Blanca

Hospedagem na Playa Blanca

Pousada onde nos hospedamos, quase dentro do mar!

Depois de descobrir que dava para passar a noite na Playa Blanca, mesmo sem quase nenhum depoimento sobre como era se hospedar lá, eu escolhi essa opção. Só de ficar sabendo que grande parte dos quartos das pousadas tinham vista para o mar por um preço super barato (em torno de 85.000 COP um quarto privado para 2 pessoas) e que a praia era super vazia naquela aérea, já tive certeza que era isso que eu queria para a minha viagem a Cartagena!

Confira o post completo sobre a Playa Blanca com todas as informações: Playa Blanca e hospedagem na Cabanã Princesa Del Mar

Hospedagem com vista para o mar na Playa Blanca

Varanda no quarto

Vale a pena ficar hospedado na Playa Blanca?

SIIIM! Se você não tiver muita frescura vale muito a pena! É quase um paraíso privado, pouquíssimas pessoas, a maioria de outros países, não vimos nenhuma caravana de brasileiros lá. A pousada é quase dentro da água e é tudo muito calmo, muito lindo, quarto com varanda com rede e vista do mar sensacional, privacidade, me senti em um filme! Com certeza foi a melhor decisão que eu podia ter tomado considerando o meu perfil e já que meu foco era lugares paradisíacos sem multidões. Nós vivemos uma experiência totalmente diferente nessa praia, bem longe da muvuca de turistas e amei meus 2 dias lá!  Também foi o que tornou nossa viagem para Cartagena mais inesquecível ainda e foi um dos pontos altos da viagem.

Hospedagem com vista para o mar na Playa Blanca

Vista do quarto

Claro que por a pousada ser quase dentro do mar o lugar tem algumas limitações, como  o banho ser limitado a 20 litros de água por pessoa e a descarga ser um balde de água haha Na hora foi um pouquinho chato, mas depois me acostumei e até queria ter ficado mais uma noite lá. Também não tem eletricidade nos quartos durante o dia, apenas a noite, mas isso acaba nem fazendo falta, ainda mais que wifi pelo menos tem durante o dia. Se um dia voltar para Cartagena com certeza pretendo ficar hospedada lá de novo umas 2 noites. Detalhe que isso também foi uma preparação para a experiência que queremos viver de ficar uns dias hospedados em San Blas, no Panamá, em um futuro próximo se possível. San Blas tem mais ou menos as mesmas limitações, só que muuito mais isolado de tudo, são mini ilhas do meio do nada mesmo.

Pôr do sol na Playa Blanca Cartagena

O pôr do sol também é lindo demais lá! Fiz até um vídeo pequeno mostrando, mas tenho vários vídeos melhores da Colômbia que ainda não tive tempo de editar, mas em breve pretendo fazer um com os melhores momentos lá.

Como chegar na Playa Blanca? É possível chegar com passeio de barco ou por terra. Eu não sei muitos detalhes sobre como é para chegar por terra, pesquisei sobre essa opção mas pareceu ser uma função, então optei pela opção mais prática de ir de barco. Pagamos 50.500 por pessoa já com taxas, não tinha como comprar a opção só de ida, então pagamos por ida e volta. Essa volta só contava para o mesmo dia, então quando voltamos no outro dia tivemos que pagar novamente, mas saindo de lá conseguimos um preço mais barato, 15.000 COP com um passeio que estava voltando. Se você não quer fazer o resto do passeio é bem importante deixar isso claro na hora de comprar e quando entrar no barco para garantir, no nosso caso eles pararam na Playa Blanca apenas para nos deixar lá e seguiram o roteiro do passeio normal com o resto do pessoal.

Passeio para uma das ilhas privadas (Não fiz nenhum)

Cartagena tem muitos passeios para ilhas privadas, que incluem almoço e transporte para ficar algumas horas. Muita gente prefere esses passeios do que a Playa Blanca porque tem menos gente, mas sinceramente achei super caro para os padrões Colômbia e os lugares não pareciam muito bonitos comparados aos outros lugares que iríamos visitar em San Andrés e Providência. Sem falar que esses passeios não duram muito tempo, então acaba nem dado para aproveitar com calma. Como eu optei por não fazer nenhum desses passeios, minha opinião é com base apenas nos relatos que li antes de ir e nas fotos que vi. A maioria das pessoas que foi na verdade disse ter gostado, mas não me pareceu muito atraente, tanto por não ser tão bonito como por ser muito mais caro que os outros passeios da viagem. Mas vai do gosto de cada um também né.

Vale a pena? Para quem pretende ir para San Andrés e Providência acho que não vale a pena, mas para quem vai visitar só Cartagena pode ser interessante.
Principais ilhas privadas: Cocoliso, Isla del Sol, Isla del Encanto e Gente de Mar
Preço: Pelo que pesquisei é em torno de 120.000 a 170.000 o passeio com almoço (para comparação: em San Andrés é 15.000 COP um passeio sem almoço, almoço em torno de 25.000 COP ou até menos)

Passeio Islas del Rosário (Visita ao Oceanario ou fazer snorkeling +  Playa Blanca  (pública)

Na primeira parte desse passeio você tem que escolher entre visitar o aquário ou fazer snorkeling, ambos pagos a parte (acho que em torno de 25.000 COP cada). Ou ficar parado em um lugar sem muita estrutura, sem areia, sem poder nadar, esperando as pessoas fazerem esses passeios. Depois disso o passeio para na Playa Blanca, mas como já se perdeu muito tempo na primeira parte do passeio essa segunda parte acaba sendo bem corrida segundo o relato de outros viajantes.

Vale a pena? Não fiz esse passeio, mas parece ser parece uma roubada, super corrido e uma muvuca de gente. Além de super corrido, passei rapidamente pela aérea onde os barcos que fazem o passeio param na Playa Blanca e realmente parece um inferno, sério! Mil pessoas, mil barracas com cadeira na beira da praia, mal dava para ver a areia e menos ainda caminhar em paz. Mil ambulantes te oferecendo todos os tipos de coisas, desde pulseira, a trancinha no cabelo, massagem, drink, não dava para dar assunto, só baixamos a cabeça e seguimos reto o mais rápido possível. Mas fora a cor da água, de paraíso aquele canto lá não tinha nada 🙁

Então acho que o passeio só vale a pena se você tiver interesse em uma das primeiras partes do passeio, no Oceanario ou fazer snorkeling. Além disso, tente achar um passeio que pare em uma parte mais vazia da praia, e não naquela aérea tradicional onde os barcos do passeio param. Dai sim pode valer a pena, mas ainda assim os passeios são bem corridos. Ou tente dar uma caminhada para longe da muvuca, o problema é que o tempo passa muito rápido e se você for muito longe corre o risco de perder o barco.

Como comprar e de onde saem os passeios para Playa Blanca e Ilhas privadas?

O lugar para comprar os passeios é o mesmo de onde eles saem, o Muelle Turístico de la Bodeguita. Antes de ir eu li esse lugar era próximo a Torre do Relógio, então fiquei procurando ali que nem uma patetinha e não achava o maldito lugar haha Mas é que na verdade é perto sim, mas quem estiver no centro da cidade amuralhada precisa sair pela Torre do Relógio e caminhar para o lado direito por um tempinho até encontrar o lugar das foto abaixo:

Muelle Turístico La Bodeguita

Muelle Turístico La Bodeguita Cartagena

Chegando lá existem vários guichês para comprar os passeios e após comprar o ticket você passa por um roleta, entra no lugar da foto abaixo e aguarda até a hora do seu barco sair. Na hora de comprar o ticket, mesmo na frente do guichê, tem muitos vendedores de passeios que ficam pentelhando todo mundo tentando vender passeios. O que não faz sentido nenhum, porque se eu posso pagar mais barato no guichê, por que compraria com eles por um preço um pouco mais caro?!

Muelle Turístico La Bodeguita

Muelle Turístico La Bodeguita

Vale a pena comprar o passeio antes de ir ou por um dos pontos de venda em Cartagena? Eu não acho que vale a pena comprar os passeios antes de sair do Brasil. Eu notei que muita gente gosta dessa opção, mas não vejo vantagem nisso, porque você acaba pagando mais caro e ainda se compromete com um passeio que nem sabe se é de qualidade ou organizado. Acho que o melhor é comprar direto lá no Muelle Turístico de la Bodeguita mesmo. Mas claro, sempre é bom se informar se o passeio que você vai fazer é muito concorrido e se precisar comprar 1 dia antes ou algo do tipo. Mas não parecia ser o caso de quase nenhum passeio em Cartagena na época que eu estive lá.

Como são os passeios de barco: Nós fomos só até a Playa Blanca e foi de lancha rápida. Na ida foi bem tranquilo o trajeto, já na volta foi mais tenso porque era no meio da tarde e como a lancha batia bastante demos muitos pulos e nos molhamos bastante com a água que entrava. Pelo menos o pessoal do barco até se oferece para guardar as mochilas antes, porque já avisam que pode molhar.

Passeio de barco em Cartagena

Passeio de Chiva (Não fiz esse passeio)

É tipo um ônibus turístico que passa por algumas atrações da cidade. Não achei muito interessante, porque não sou muito fã desses passeios em grupos, prefiro fazer só quando não tem outra opção para visitar os lugares mesmo. Mas para quem gosta pode ser uma boa opção.

Chiva Rumbeira: Fiquei sabendo sobre isso só agora escrevendo o post e achei interessante até, é um passeio de chiva a noite com luzes piscando, drinks e banda tocando. Pelo que entendi depois acaba até em um festa, então ai já achei mais interessante! Deve ser bom para quem quer conhecer mais pessoas e esta interessado em festas. Mesmo que não passe em vários bares me lembrou um pouco os pub crawl que tem em alguns países haha.

Bocagrande (não visitei)

É a parte moderna de Cartagena, com muitos prédios grandes e modernos, além de vários hotéis bons. Também tem algumas praias, mas que não são muito bonitas. Não chegamos a visitar essa parte da cidade, mas muita gente se hospeda lá.

Tomar limonada de coco e comer no Crepes & Waffles

Crepes and Waffles Cartagena

Esses dois itens são tão imperdíveis que até coloquei no que fazer em Cartagena haha Limonada de Coco tem para vender em quase todos os lugares lá e é uma delicia! Já o Crepes & Waffles é um lugar sensacional para comer doces, tem mais de um em Cartagena, nós fomos em uns 2 na Cidade Amuralhada, mas acho que tem outros também. O crepe de Nutella e o sorvete de arequipe (doce de leite) foram as opções que que mais gostamos lá. Na foto aparecem todos esses itens e limonada de coco que tomamos lá também.

O que fazer a noite em Cartagena?

Nós estávamos animados por Cartagena ter mais vida noturna, porém não conseguimos aproveitar muito. Nós iríamos passar uma noite na Playa Blanca e uma noite ia ter festa na piscina do hostel, então só teríamos 2 noites livres para sair lá. Tentamos ir no Café Havana e no Mister Babilla, mas nenhum dos dois deu muito certo haha. Mas acho que foi por causa dos dias da semana que tínhamos lá.

Café Havana

Cafe Havana Cartagena

Café Havana

É o bar mais famoso de Cartagena e tem vários shows com música ao vivo com bandas tocando salsa e outros ritmos. Infelizmente acabamos não entrando lá, na primeira vez que tentamos ir lá não estava aberto e na outra noite que tínhamos disponível era nosso último dia e a entrada era 25.000 COP por pessoa porque tinha banda tocando. Como tínhamos que acordar as 5h da manhã no outro dia ficamos na dúvida se valia a pena pagar isso só para entrar e ter que sair cedo. Mais um drink ou outro que íamos acabar comprando, íamos acabar gastando muito, então resolvemos não entrar 🙁 Claro, agora parece barato e nos arrependemos de não entrar, mas na hora que estamos viajando tudo parece caro demais quando não se tem dinheiro sobrando haha. Entrada: Em torno de 25.000 COP nas noites que tem  banda tocando

Mister Babilla: Parece ter algumas das festinhas mais animadas de Cartagena, mas quando tentamos ir lá em uma terça-feira, entramos e não tinha ninguém praticamente, só um casal. E era um espaço bem grande, então acabou sendo muito estranho e resolvemos  ir embora. Mas como dizem que as festas lá são animadas, não sei se demos azar pelo dia da semana ou se foi pelo horário. Entrada: A entrada era gratuita na noite que fomos

Bares pela cidade: Cartagena é muito movimentada tanto durante o dia quanto a noite na região da cidade amuralhada, as ruas e bares ficam bem cheias a noite, então só fazer um passeio por ali e parar em um dos bares já pode ser divertido. Em geral é bem tranquilo caminhar por ali e você se sente seguro, mas fora da centro histórico da Cidade Amuralhada, depois que passa da Torre do Relógio o clima já é um pouco mais tenso. Quando fomos caminhando até o Café Havana e o Mister Babilla não vimos muitos turistas no caminho, as ruas estavam um pouco vazias e não parecia tão seguro, então ficamos com um pouco de medo.

Até fiquei em dúvida se falava sobre isso nesse post ou não, mas lá em vários cardápios de alguns lugares tinham avisos contra a prostituição de menores de idade. Não entendemos muito bem no começo, mas depois a noite em um dos dias mais movimentados vimos muuuuuitas mulheres que pareciam claramente estar se prostituindo ali perto da Torre do Relógio. Então acho que prostituição é algo bem comum na cidade.

Quanto custa viajar para Cartagena?

Achei Cartagena uma cidade bem barata, mas vi outros viajantes reclamando que era cara, então acho que isso depende muito do estilo de viagem de cada um. O que ajudou bastante é que tem muitas opções boas de hospedagem, então pudemos gastar em torno de R$50,00 por dia por pessoa sem ser em lugares ruinzinhos que nem em San Andrés. Claro que não eram lugares com luxos e um deles era quarto compartilhado em hostel, mas mesmo assim amamos nossas escolhas e elas ajudaram a tornar a viagem ótima, não foi uma decisão baseada apenas em preço. Em alimentação gastamos mais ou menos, tivemos refeições desde Arepas por 6.000 COP até uma ida ao Hard Rock Café que não é muito barato. Quanto aos passeios, grande parte do que torna a cidade interessante é gratuito, então isso também ajuda.

Coloquei abaixo a tabela com todos os custos que tive durante os meus 4 dias em Cartagena, menos a passagem aérea. Claro que podíamos ter gastado menos ainda se tivéssemos economizado mais, assim como poderíamos ter gastado muito mais, então isso vai depender muito das escolhas de cada viajante.

Quanto custa viajar para Cartagena

Passagem Brasil Colômbia: É possível encontrar passagens partir de R$1.000 (valor promocional, vi para novembro de 2017), mas geralmente esta em torno de R$1.300 saindo de POA. Logo abaixo falo um pouco mais sobre isso.
Minha passagem Poa-Cartagena/San Andrés- Poa (ambos com escala no Panamá): R$1.636,62

Roteiro de 4 dias em Cartagena

Os 4 dias que tivemos lá foram suficientes para fazer tudo que havíamos planejado. No primeiro dia ainda estávamos um pouco perdidos, só saímos fazendo um passeio pelo centro da Cidade Amuralhada, já que estávamos hospedados lá, sem saber muito onde estávamos indo. Fomos tirando fotos do que achamos interessante e na verdade já estávamos visitando alguns dos principais pontos da cidade que estavam na nossa lista e nem sabíamos haha. Depois disso passamos 2 dias na Playa Blanca e no último dia visitamos os pontos turísticos da cidade.

DIA 1: Chegada em Cartagena meio dia, passeio pela cidade amuralhada e pôr do sol no Café del Mar.
DIA 2:
Playa Blanca
DIA 3: 
Playa Blanca
DIA 4:
Passeio pelo Bairro Getsemaní, Castelo de San Felipe de Barajas, Convento de La Popa e passeio pelos principais pontos do centro da Cidade Amuralhada.
DIA 5- Voo para San Andrés as 07:00

Outros pontos que não visitamos: Bocagrande, Passeio para praias privadas, Oceanario, Passeio de Chiva

Onde se hospedar em Cartagena?

Ao contrário de San Andrés, Cartagena é uma cidade ótima para achar hospedagem, tem muita opção boa e barata, chega a ser difícil decidir. As principais regiões para se hospedar lá são:

Boca Grande: Parte moderna da cidade, é possível ficarem alguns hotéis melhores nessa região sem gastar um fortuna. Porém, é um pouco longe da Cidade Amuralhada, então para se locomover vai ser necessário táxi ou ônibus.
Cidade amuralhada: A parte histórica e mais charmosa de Cartagena, com todo aquele colorido que esperamos de lá. É onde tudo acontece, para quem é turista pelo menos haha Para quem fica hospedado lá é possível fazer praticamente tudo caminhando. Na verdade 4 bairros fazem parte dessa região: Centro, San Diego, Getsemaní e Matuna.
Centro e San Diego: É a parte mais turística de Cartagena, onde estão a maioria das atrações da cidade, bares e restaurantes.
Bairro Getsemaní: Bairro cheio de grafites, um pouco mais alternativo. É mais ou menos perto do centro da Cidade Amuralhada e tem algumas opções baratas também.
Playa Blanca: Também acho muito válido ficar uma noite hospedado na Playa Blanca, para mim foi o uma das coisas que tornou minha estadia em Cartagena especial e inesquecível.

Em qual bairro se hospedar? Acho que a melhor região para se hospedar é na Cidade Amuralhada, principalmente no Centro ou San Diego. Abaixo o mapa de Cartagena marcando alguns dos principais pontos, que estão praticamente concentrados na região do centro da Cidade Amuralhada, apenas o Convento de Santa Cruz de La Popa e Bocagrande são mais afastados. Então realmente não recomendo ficar em Bocagrande, pois ficando na Cidade Amuralhada (Republica Hostels Cartagena marcado no mapa) estava sempre perto de tudo e fiz tudo caminhando, menos o Convento. Perto da Torre do Relógio também da para ver a Muelle de Los Pegasos no mapa, que é de onde saem os passeios para a Playa Blanca e ilhas privadas.

Mapa Cartagena principais pontos turísticos

Mas antes de ir fiquei na dúvida entre me hospedar em um hotel melhorzinho em Bocagrande ou em um hostel mais animado na cidade amuralhada, escolhi a segunda opção e não me arrependi! Fez toda a diferença na viagem, ficar ali pertinho de tudo, poder sair caminhando tanto durante o dia quanto a noite para os melhores lugares, sem falar que a cidade amuralhada é super charmosa.

Mas claro tudo depende muito do perfil de cada um, nos queríamos algo mais animado, bem localizado, com piscina e festas para Cartagena, e o Republica Hostel Cartagena atendeu isso. Mas também queríamos acordar em um lugar paradisíaco com vista do quarto para o mar sem gastar muito, e foi o que encontramos na Playa Blanca. Apesar de alguns detalhes, acho que fizemos a escolha perfeita para o tipo de viagem que estávamos querendo fazer. Mas novamente, isso depende muito do perfil de cada um! Abaixo falo um pouquinho dos lugares que eu fiquei e em breve vou fazer um post sobre cada um deles:

Republica Hostel Cartagena

Amei esse hostel, a localização era ótima perto de tudo na Cidade Amuralhada, a decoração era linda, o clima do hostel era bem legal, tinha um bar na piscina, festas na piscina nos domingos, programas em grupo quase todos os dias (não fiz nenhum, mas para quem esta viajando sozinho pode ser bem legal). A única coisa que faltou foi eles darem um mapa da cidade e os funcionários serem um pouquinho mais simpáticos. Confira o post completo sobre o hostel com todos os detalhes: Republica Hostel 

República Hostel Cartagena

República Hostel Cartagena

Queria ter ficado no quarto privado, mas como estava mas caro decidimos que não valia  pena e acabamos ficando em um quarto compartilhado mesmo. A única parte ruim é a função de pessoas entrando e saindo do quarto, ou pessoas querendo dormir e você precisando arrumar suas coisas. Mas isso é normal de qualquer hostel né.
Preço: Pagamos 45.000 COP/ 50.000 COP por pessoa por noite em quarto compartilhado.
Link do Booking: República Hostel 

Cabaña Princesa del Mar (Playa Blanca)

Já falei no começo do texto um pouco sobre o que achei dessa experiência e também vou ter um post especial só sobre lá muitas informações e fotos. A pousada é quase dentro da água, vista do quarto é sensacional e o preço é super barato, amamos passar uma noite lá! Além das limitações que uma hospedagem em um local assim tem, quanto ao banho e eletricidade, o atendimento também deixou um  pouco a desejar, mas sinceramente é o que menos importava com aquela vista. Passar uma noite na Playa Blanca com certeza foi uma das coisas que mais marcou na viagem inteira, nunca vou esquecer aquela varanda com rede e vista para o mar, a paz da praia deserta praticamente, o pôr do sol, o barulho das ondas do mar a noite. Me senti em um filme, foi inesquecível!

Cabaña Princesa del Mar Hospedagem na Play Blanca

Único probleminha maior que tivemos foi que não levamos toalha na viagem e chegando lá quando perguntamos disseram que tinha para emprestar e iam dar daqui a pouco. Pedimos umas 4 vezes e na última já de noite disseram que tinha acabado as toalhas. Dai foi aquele perrengue de tomar banho de apenas 20 litros de água e depois ainda ter que se secar com uma camiseta e uma canga hahaha Na hora deu raiva, mas logo em seguida já achamos engraçado e já vira historia pra contar.
Preço: 85.000 COP por noite para quarto privado para 2 pessoas
Link do Booking: Cabanã Princesa del Mar

Confira o post completo com todas as informações: Playa Blanca e hospedagem na Cabanã Princesa Del Mar

Reservando pelos links do Booking que coloquei aqui você não paga nada a mais no valor da hospedagem, mas o blog recebe uma pequena comissão depois da hospedagem ter acontecido, através do programa de afiliados do Booking.

Onde comer em Cartagena?

Depois vou ter um post falando um pouco sobre os lugares onde eu comi em Cartagena, mas com certeza um lugar imperdível para comer é o Crepe and Waffles, fiquei viciada, muito bom! Como ficamos 2 dias na Playa Blanca, não comemos em tantos lugares em Cartagena, mas fomos no Hard Rock, no Pizza En El Parque (tem uma decoração bem legal no segundo andar) e Sierva Maria. Um lugar que acabamos não indo foi o Pastelería Mila, que dizem que tem uma torta chamada Sinfonia de coco que é sensacional.

Banho gelado

Geralmente os chuveiros não tem água quente na Colômbia, então provavelmente você vai ter que encarar alguns banhos gelados na viagem. Alguns hotéis melhorzinhos até tem água quente, mas provavelmente você vai ter que gastar um pouco mais com hospedagem.

Por que não tem água quente? Não sei, não vejo sentido nisso haha. Quando hospedei uma colombiana alguns anos atrás por mais de 1 mês na minha casa através da AIESEC, todo dia ela trocava o chuveiro para o gelado, então acho que eles já estão acostumados haha.

Como chegar em Cartagena?

As principais companhias são AviancaCopa Airlines e Latam. As passagens mais baratas geralmente são pela Avianca, porém os roteiros dos voos também são piores e mais demorados. Grande parte das passagens baratas que vi eram similares a  Poa-SP-Lima-Bogotá-Cartagena e o tempo entre os voos era grande em alguns casos. Já a Copa Airlines oferece voos saindo direto de Porto Alegre para o Panamá, ficando o trajeto Poa-Panamá-Cartagena, bem melhor!

Quanto custa: O voo de Porto Alegre para San Andrés custa a partir de R$1.000 (valor promocional, vi para novembro de 2017), mas geralmente esta em torno de R$1.300 pela Avianca.

Meu voo: Comprei a ida por Cartagena e a volta por San Andrés, tudo na mesma passagem, para evitar voos desnecessários. Paguei um pouco mais caro que os R$1.300 porque achei melhor ir pela Copa Airlines e ida e volta por cidades diferentes também deixou um pouquinho mais caro na época. Para achar passagens pelo preço que eu paguei já foi difícil na verdade, porque as passagens pela Copa Airlines geralmente estão mais caras que isso e é mais difícil de achar um preço bom. Mas eu preferi esperar até aparecer um preço aceitável do que comprar pela Avianca. Poa-Cartagena/ San Andrés- Poa (ambos com escala no Panamá): R$1.636,62

No voo de ida cada assento tinha um monitor individual e no voo volta não, era aqueles compartilhados.

Copa Airlines Voo Colômbia

Voo Copa Airlines

Algumas das comidas servidas no voo. No voo de volta teve umas comidas mais decadentes de madrugada.

Comida do Voo da Copa AirlinesComida do Voo da Copa Airlines

Momento de tensão no voo: No voo de volta tivemos alguns momentos de tensão na madrugada, quando do nada começou um cheiro de queimado super forte. Todo  mundo ficou preocupado perguntando para os comissários de bordo o que estava acontecendo e eu que morro de medo de andar de avião, já estava achando que íamos morrer! haha Depois de alguns minutos a comandante do avião fez um anúncio dizendo que o cheiro forte era porque estávamos sobrevoando a Amazônia e devido as condições climáticas tinha alguma reação, que não lembro mais o que era, que gerava esse cheiro e que não precisávamos nos preocupar.

Não acreditei muito e fiquei tensa até chegar em Porto Alegre haha No fim deu tudo certo, mas foi um susto para todo mundo, realmente achei que ia cair o maldito avião haha. Mas pelo jeito isso é algo que pode acontecer as vezes.

Como ir de Cartagena a San Andrés?

Para ir de Cartagena para San Andrés fui de avião com a Viva Colombia e comprei a passagem pela internet um pouco mais de 1 mês antes da data da viagem. Como os preços vão mudando, acho melhor comprar o quanto antes se já estiver um preço bom. Me enrolei para comprar e acabei perdendo a data que eu queria, porque inicialmente queria ficar 5 dias em Cartagena. Como aumentou o preço acabei comprando para 6 dias, porque não tinha opção para menos que isso barata.

Alteração de data da passagem: Como não queria ficar tanto tempo em Cartagena, fiquei monitorando os preços e quando baixou o preço para uma data que eu ficaria apenas 4 dias, acabei escolhendo ficar menos dias do que o previsto do que mais em Cartagena. Paguei 49.500 COP para alterar o dia do voo e foi bem fácil de fazer pelo site.

Preço: 89.990 COP somente ida + 5.000 para escolher o assento
Duração: 01:30
Site: Viva Colombia 
Taxa de alteração do dia do voo: 49.500 COP

Limite de bagagem: Atenção para o limite de bagagem nos voos da Viva Colombia, eu não tive problemas pois estava com uma mochila pequena (da foto abaixo), mas quem estiver com uma bagagem maior tem que pagar pela bagagem despachada. Clicando na foto ela abre no tamanho original e você ler as regras de tamanho de bagagem, que também é possível encontrar no site da Viva Colombia.

Limite de Bagagem Viva Colombia

Se você tem mais alguma dúvida, sugestão ou apenas gostou do post, deixe seus comentários abaixo! Para receber mais dicas de viagem ou um aviso quando os próximos forem liberados curta a página do blog no facebook ou se cadastre para receber os posts por e-mail. Para mais fotos de viagem siga nosso perfil no instagram: planejando.viagens.

 

14 comentários sobre “Cartagena: Quanto custa, como chegar, o que fazer em 4 dias e muito mais!

  1. Eliezer disse:

    Gostei muito do relato! Vai me ajudar bastante… Vc sabe qual seria a maneira mais viável de ir de Cartagena para San Andrés?

  2. Camila Trindade disse:

    Oi Eliezer, muito obrigada! No final do texto falei um pouco sobre isso, tem um trecho “Como ir de Cartagena a San Andrés”, fui com a Viva Colombia e paguei em torno de 90.000 COP. Comprei no site da empresa 1 mês e pouco antes da viagem, acho que é a maneira mais barata de ir e foi super tranquilo! Também comentei sobre isso no post de San Andrés, não sei se você já viu: https://planejandoviagens.com/san-andres/
    Se tiver qualquer outra dúvida estou à disposição 🙂

  3. Alessandra Botelho disse:

    Fui a Playa Blanca por terra, e de busão, as famosas “bucetas” por 2,500 cops, vc pega ali perto do jardim botânico um bus que vai pra comunidade de Passacaballos, já pede pro motorista que vc quer ficar no ponto dos táxis pra Playa Blanca , cobram 10mil copa por pessoa, dali o táxi anda uns 30min até a Playa Blanca, não se assuste a entrada é feia, mas quando vc ver o mar azul esquece ate do tumulto dos vendedores, saia um pouco do ponto de embarque e desembarque e aproveite o paraíso.

  4. jaime alves disse:

    Bom ida,

    Poderia me auxiliar .. quero me programar para as minhas férias de 04/2019.
    já quero deixar tudo certo para o dia da viagem, vou com a minha esposa.

    Sou de São Paulo, qual a melhor companhia aérea? Hotel…

    • Camila Trindade disse:

      Bom dia! As principais companhias aéreas que voam para Cartagena são a Avianca, Copa Airlines e Latam, o bom é ir monitorando o preço em todas, mas como ainda falta muito tempo para a data que você pretende viajar talvez a venda de passagens para esse período não começou ainda. Quanto a hotel eu fiquei em no Republica Hostel Cartagena e 1 noite na Playa Blanca, no post tem os links, preços e mais detalhes sobre cada um desses lugares.

  5. Ana C. disse:

    Oi Camila, boa tarde!

    tenho uma duvida, como foram seus horarios de ida e volta para Playa Blanca? Gostei muito do seu roteiro..

    Obrigada

    • Camila Trindade disse:

      Oi Ana, boa tarde! Não lembro mais o horário exato, mas acho que a ida foi em torno das 09:00/10:00 e a volta em torno de 15:00/16:00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *